segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Dirty Projectors - The Getty Address (2005)


Dave Longstreth é daquelas poucas pessoas capazes de citar, em uma mesma entrevista, Gustav Mahler e Beyonce quando perguntado sobre suas preferências musicais. Mas The Getty Address está longe de ser um simples agrupamento de estilos e tendências musicais. Pelo contrário, enquanto outras tentativas de misturar estilos musicais consistem na colagem de elementos marcantes de dois ou três estilos, permitindo que o resultado soe familiar para apreciadores de qualquer um deles, Longstreth diferencia-se por criar uma linguagem própria. Os elementos estão lá: glitch, ópera, música concreta, música africana, rock, techno, mas cada um deles foi tão fragmentado ao ponto de corromper a ligação auditiva que estabelecemos com os estilos.
The Getty Address é um disco verdadeiramente inclassificável (até mesmo o termo Avant-Garde passou a ser usado para designar um ou alguns estilos específicos, de modo que já temos uma expectativa sobre o que iremos ouvir quando nos deparamos com um disco assim classificado) mas que consegue se fazer sólido e bem construído, demonstrando domínio absoluto sobre sua própria linguagem.

1 I Sit on the Ridge at Dusk 4:55
2 But in the Headlights 1:50
3 Warholian Wigs 4:31
4 I Will Truck 5:17
5 D. Henley's Dream 4:17
6 Gilt Gold Scabs 5:26
7 Ponds & Puddles 3:49
8 Not Having Found 4:42
9 Tour Along the Potomac 4:12
10 Jolly Jolly Jolly Ego 5:33
11 Time Birthed Spilled Blood 3:02
12 Drilling Profitably 4:29
13 Finches' Song at Oceanic Parking Lot 4:08

2 comentários:

  1. http://www.mediafire.com/?mwmdmym2zhw

    ResponderExcluir
  2. o endereço não contém o link para download. uma pena...

    ResponderExcluir